FORMAÇÃO

Enquadramento

Desde que alimentos são negociados que existe fraude alimentar. De fato, na Grécia antiga, foi descoberto um relatório (pelo médico Galenos) que indicava o uso de gorduras de qualidade inferior para adulterar o azeite. Embora a maioria das ações fraudulentas não tenha mudado, especialmente após a Revolução Industrial, a escala do problema aumentou à medida que os produtos começaram a ser produzidos em larga escala e distribuídos em grandes áreas geográficas. Entender a Fraude Alimentar e suas motivações é muito simples. As duas palavras-chave são intencionalidade e lucro. Um operador adultera intencionalmente o produto alimentar com o objetivo de obter um ganho económico.
De acordo com o relatório anual de 2018 da Rede de Fraude Alimentar da UE, o custo anual das práticas fraudulentas para a indústria alimentar global foi estimado em cerca de 30 mil milhões. Todas as organizações do sector devem considerar o risco destas práticas pelos seus fornecedores e desenvolver um programa de Fraude Alimentar que permita identificar as vulnerabilidade significativas e estabeleça medidas para as mitigar.
O custo de não ter um programa de Fraude Alimentar pode ser muito elevado não só em termos financeiros mas também reputacionais se a organização se vir envolvida no uso ou comercialização de substâncias adulteradas.

Destinatários

Gestores de topo, responsáveis de qualidade/segurança alimentar/ sistemas de gestão, consultores

Objetivos

– Compreender o que é a Fraude alimentar e o que a distingue da Segurança Alimentar e Defesa Alimentar
– Conhecer os tipos de Fraude Alimentar existentes de acordo com o Global Food Safety Initiative (GFSI) e identificar exemplos de cada um
– Conhecer alguns dos principais fatores que potenciam a Fraude Alimentar e compreender as etapas de um programa de Fraude Alimentar
– Conhecer as circunstâncias que condicionam a vulnerabilidade à Fraude Alimentar e os fatores específicos dos ingredientes, do negócio e da organização que condicionam as vulnerabilidades

Conteúdos Programáticos

1. O que é Fraude Alimentar e o seu impacto na indústria alimentar
2. Fraude Alimentar / Defesa Alimentar / Segurança Alimentar
3. Fraude Alimentar existentes de acordo com o Global Food Safety Initiative (GFSI):
– Definições e Exemplos
4. Fatores que potenciam a Fraude Alimentar
5. Etapas de um programa de Fraude Alimentar:
– Sequência de etapas e Exemplos práticos de como as aplicar:
6. Circunstâncias que condicionam a vulnerabilidade à Fraude Alimentar
7. Fatores específicos dos ingredientes, do negócio e da organização que condicionam as vulnerabilidades

Metodologia Formativa

– Método expositivo
– Trabalho grupo
– Realização de Estudo de caso

Preços

Preço Sócios Colectivos 50.00 EUR
Preço Sócios Individuais 60.00 EUR
Preço Não Sócios 70.00 EUR

Acções

3 - Online

Início: 14/06/2022

Fim: 14/06/2022

Sessões / Horários

Inscrever

Nome do Curso

Workshop para o desenvolvimento de um programa de Fraude Alimentar

Versão

5 – Formação a distância (outros)

Datas

3 - Online

Início: 14/06/2022

Fim: 14/06/2022

Duração

04h00

Localidades

Online

Horário

3 - Online

IN COMPANY

Gostaria de adaptar esta ação de formação às necessidades e características específicas da sua organização?

Contacte-nos e peça uma proposta AQUI